Brincadeiras



Uma tarde de brincadeiras pode ficar muito mais animada se a opção for “Telefone sem fio”! Essa é a brincadeira da semana e você vai querer saber tudo para se divertir com as crianças!

telefone

Essa tradicional brincadeira popular foi criada para mostrar às crianças o velho ditado de que ‘Quem conta um conto, aumenta um ponto’; ou seja, geralmente quando uma história passa de ‘boca em boca’ no final o contexto inicial já foi alterado.

Para brincar, o ideal é que tenham cinco pessoas ou mais.

Veja como:

- Todos se sentam em um círculo

- Uma das crianças elaborando uma frase e fala bem baixinho no ouvido de quem estiver ao seu lado.

- Esta criança repete a frase para a próxima e assim sucessivamente até o último da roda, que falará a frase em voz alta.

Não existe ganhador nessa brincadeira, o engraçado é ver as frases ficando diferente e como elas se transformam da primeira à última criança.

Dica: Telefone sem fio é uma brincadeira para crianças de todas as idades. Para funcionar melhor com crianças mais novas, ao invés de frases diga apenas uma palavra por vez. É diversão garantida!

Atenção pessoal: a brincadeira da semana é Passa Anel!

passa-anel-2

Essa é uma brincadeira que exige mais atenção e criatividade do que esforço físico e tudo o que você precisa é de um anel.

Nos Estados Unidos, essa brincadeira é conhecida como: The Button Game, jogo do botão. As crianças dizem “button, button, who’s got the button?”, que significa “botão, botão, quem tem o botão?”.

Então já fica a dica: se não tem um anel por perto, uma pedrinha ou botão também vale!

Brinca-se assim:

- Uma criança deve ser escolhida para começar a passar o anel.

- O restante do grupo forma uma fila, ou roda, e todos ficam com as mãos unidas e entreabertas, como uma concha fechada. Assim:

passa-anel

- A criança que tiver o anel também posiciona as mãos dessa maneira, mas com o anel dentro. Ela deve passar as mãos dela por dentro das mãos de cada criança da fila.

- Em um determinado momento quem tem o anel escolhe alguém e deixa o anel cair nas mãos dela sem que o resto do grupo perceba. Quem tem o anel determina o momento de passar.

- Depois disso, quem passou o anel escolherá outro participante e este deve adivinhar onde o anel está. Se ele acertar será a vez dele passar o anel. Se errar deve sair da roda.

Agora você já sabe, um anel também pode virar diversão!

mestre

Hoje nós vamos dar mais uma opção para se divertir com as crianças em casa, na hora do recreio ou em qualquer outro lugar. Vamos aprender a jogar “O mestre mandou”!

Para brincar é preciso ter três ou mais participantes.

Vamos lá, passo a passo:

- Uma das crianças começa como mestre. Ela diz “o mestre mandou…”, faz um ou mais movimento e os outros devem segui-la.

- Os outros repetirão somente se o mestre disser primeiro “o mestre mandou”. As ordens que não começarem com essas palavras não devem ser obedecidas.

- Sai aquele que não cumprir as ordens ou cumpri-las sem a palavra de comando.

- O próximo mestre é aquele que conseguir fazer todos os movimentos e ficar até o final.

Dica para o mestre: Quanto mais rápido mais difícil e divertido fica a brincadeira. Instrua o mestre a fazer uma sequência de atividades de uma vez só, como: “O mestre mandou… pular de um pé só mostrando a língua, girando e batendo palma!”.

A brincadeira ganha variações dependendo dos lugares ou da idade das crianças. Essa é outra maneira de jogar:

-Uma das crianças começa como mestre.

- Ela diz: “O mestre mandou!”.

- Todos perguntam: “Fazer o quê?”.

- E o mestre inventa tarefas para o grupo: pular numa perna só, buscar um lápis vermelho, achar uma flor etc.

Clique aqui e veja um vídeo com a Laura explicando tudo sobre esse jeito de brincar!

Crianças brincado de chicotinho queimado. Fonte: site do Colégio Pio XII (Vila Velha, ES)

Olá, pessoal.

Hoje vamos brincar de chicotinho queimado.

Em alguns lugares, as crianças chamam essa brincadeira de quente-frio. É uma espécie de esconde-coisa ao contrário.

Brinca-se assim:

  • Um dos participantes será o chicotinho queimado.
  • Enquanto os outros fecham os olhos, ele irá esconder um objeto (uma cinta velha, por exemplo).
  • A um sinal dele, as crianças devem procurar o objeto escondido.
  • Se estiverem longe, ele deverá dizer: frio
  • Se estiverem perto, ele deverá dizer: morno.
  • Se estiverem MUITO perto, ele deverá dizer: quente!
  • Quem encontrar o objeto será o chicotinho queimado, na próxima rodada.

Pode-se brincar também com algumas variações: ao invés de dizer “quente” ou “frio”, a criança poderá assoviar, bater palmas, cantarolar..

Use a imaginação e boa diversão!

Fonte: Associação Brasileira de Brinquedotecas

82793250

Olá, amigos.

Vejam que bacana estas dicas da professora Adriana Friedmann para a a tradicional brincadeira de pega-pega (site Como Tudo Funciona - link) . Algumas variações, como o Pac-Man, são bem diferentes! As crianças devem adorar!

Lembre-se sempre: pega-pega é o tipo de brincadeira onde quer perde (aquele que é “pegado”), sempre ganha (vira o “pegador”).

Boa diversão!

Uma das mais antigas e tradicionais brincadeiras de criança, o pega-pega pode ser brincado em qualquer lugar. Existem muitas maneiras de brincar, mas as regras são simples: um corre, o outro tenta pegar. Rapidez e agilidade são alguns dos requisitos para se dar bem nesta brincadeira.

Quantos jogadores: pelo menos três.

Onde se brinca: Este é um jogo para se brincar ao ar livre. Os melhores lugares são quadras, galpões e ruas sem movimento.

Regras:
Uma criança será o pegador ou caçador, e as outras, os fugitivos. Os participantes combinam as regras no início, decidindo o que servirá de proteção contra o pegador (chamada de pique, que pode ser um local, uma posição ou uma ação), o que será considerado ser pego e qual é o castigo para quem for pego.

Algumas das formas de brincar: (more…)

« Previous PageNext Page »