Vamos brincar de “diversão”?



elefante1A brincadeira da semana é Elefantinho Colorido e é diversão garantida entre os pequenos!

O interessante é que essa atividade trabalha o desenvolvimento da concentração, atenção, coordenação motora, conhecimento das cores e discriminação visual e auditiva.

Além disso, apresenta variações de acordo com a idade dos que vão jogar. Vale a pena tentar com a criançada.

Como brincar

Reúna todos em um ambiente aberto e comece a diversão:

- Um participante é escolhido para comandar. No caso de crianças mais novas o ideal é que seja um adulto.

- Ele fica à frente do grupo e diz: “Elefantinho colorido!”. Os outros respondem: “Que cor?”.

- O comandante então grita o nome de uma cor e os jogadores correm para tocar em algo que tenha aquela tonalidade.

- Para os mais velhos a brincadeira ficará mais divertida se o comandante perseguir os outros participantes e tentar capturá-los antes que eles cheguem à cor. O primeiro capturado vira o próximo comandante.

- Para os mais novos, o próximo comandante será aquele que encontrar a cor primeiro!

Observação: é comum contar como objeto as roupas também. Defina essa regra antes de começar a brincadeira!

elefantinho-colo1

Aproveite!!!

Atenção pessoal: a brincadeira da semana é Passa Anel!

passa-anel-2

Essa é uma brincadeira que exige mais atenção e criatividade do que esforço físico e tudo o que você precisa é de um anel.

Nos Estados Unidos, essa brincadeira é conhecida como: The Button Game, jogo do botão. As crianças dizem “button, button, who’s got the button?”, que significa “botão, botão, quem tem o botão?”.

Então já fica a dica: se não tem um anel por perto, uma pedrinha ou botão também vale!

Brinca-se assim:

- Uma criança deve ser escolhida para começar a passar o anel.

- O restante do grupo forma uma fila, ou roda, e todos ficam com as mãos unidas e entreabertas, como uma concha fechada. Assim:

passa-anel

- A criança que tiver o anel também posiciona as mãos dessa maneira, mas com o anel dentro. Ela deve passar as mãos dela por dentro das mãos de cada criança da fila.

- Em um determinado momento quem tem o anel escolhe alguém e deixa o anel cair nas mãos dela sem que o resto do grupo perceba. Quem tem o anel determina o momento de passar.

- Depois disso, quem passou o anel escolherá outro participante e este deve adivinhar onde o anel está. Se ele acertar será a vez dele passar o anel. Se errar deve sair da roda.

Agora você já sabe, um anel também pode virar diversão!